sábado, 16 de abril de 2016

Para quem os sinos dobram ou Guerra e Paz, como quizer!

É fato que o PT - Partido dos Trabalhadores - cometeu erros imperdoáveis. Mas é fato que o País teve um grande avanço desde o governo Lula. Incontestavelmente tirou da extrema pobreza milhões de seres humanos, deu acesso a Educação para quem nunca teria oportunidade e formalizou uma nova postura do Brasil no exterior com o fim do FMI.
Tudo isso foi possível a Democracia. Que presamos tanto, basta ver as vítimas remanescentes de vinte e um anos de Ditadura.
Tudo isso mostrou para a burguesia que é possível o gerenciamento público voltado para o bem estar da maioria em detrimento de uma minoria. É possível construir uma sociedade com base na conquista do direito e não dos privilégios.
Penosa por isso a burguesia representada pela Direita encontrou uma brecha passível de manipular a opinião e traveste numa pauta revestida de vingança e retaliação o processo de impeachment da Presidenta Dilma.
O currículo de quem comanda esse processo é público e notório, mas como o problema neste País não é o combate à corrupção nem o fim de privilégios e sim um golpe à Democracia.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Ensaio

O que ocorreu em 04 de março de 2016 com a medida coercitiva pela PF para Lula nada mais é que um teste para a sua possível prisão. A prisão de Lula seria um troféu para Sergio Moro, que passaria para a História como o homem que prendeu o Presidente. Entretanto seria o Juiz que conseguiu deflagrar uma revolta social em que os movimentos sociais, sindicais e democráticos deste País jamais vista na História do Brasil!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Um grande avanço na astronomia!

A comprovação das ondas gravitacionais dá um salto de novas maneiras de como podemos entender o universo. Principalmente os buracos negros que até então eram objetos por aproximação pode ser percebido agora pela sua força gravitacional. Assim também como pode medir a quantidade de energia emitida por uma supernova.
Observando sobre como se comportam as galáxias o que sugere que no centro das mesmas localizam um buraco negro. Aprofundando essa questão entendo que um buraco negro não surge de um colapso de uma estrela e sim da centrifugação da própria galáxia. É como se fosse um ponto de equilíbrio que gera uma gravidade suficiente para manter a galáctia aglutinada.


Donizeti
18-02-2016

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Ei você

Ei você
Aí fora no frio
Ficando solitário, ficando velho
Você pode me sentir?
Ei, você
De pé no corredor
Com pés sarnentos e sorriso fraco
Você pode me sentir?
Ei, você
Não os ajude a enterrar a luz
Não se entregue sem lutar
Ei, você
Aí fora sozinho
Sentado nu ao telefone
Você poderia me tocar?
Ei, você
Com o ouvido contra o muro
Esperando alguém gritar
Você poderia me tocar?
Ei, você
Você me ajudaria a carregar a pedra?
Abra seu coração, estou indo para casa
Mas isso era apenas fantasia
O muro era muito alto, como você pode ver
Não importava o quanto ele tentasse, ele não conseguia se libertar
E os vermes comeram seu cérebro
Ei, você
Aí fora na estrada
Sempre fazendo o que te mandam
Você pode me ajudar?
Ei, você
Aí fora além do muro
Quebrando garrafas no corredor
Você pode me ajudar?
Ei, você
Não me diga que não há mais nenhuma esperança
Juntos nós resistimos, separados nós caímos

Pink Floyd

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Impeachment da Prisidenta Dilma

É claro e notório que não existe nenhum fundamento legal para o impeachment da presidenta Dilma. O que existe são interpretações de erros que se fosse de outros passaria sem nenhum problema. A meu ver isso tudo não passa de oportunismo político e a tentativa de encontrar um responsável pela crise política e consequentemente econômica que ai está.
A oposição e a direita ataca com todas as artimanhas porque é este seu feitio, aproveitar de brechas para causar danos aos adversários para não dizer inimigos. É claro que não vamos esperar outra coisa.
O que podemos esperar que essa situação toda não é pelo bem do Brasil, se fosse a situação seria diferente, o que está em jogo são interesses historicamente determinados.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Em Paris, Dilma acusa "ação irresponsável" por desastre com barragem da Samarco

 A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira, em discurso na cúpula da ONU sobre o clima em Paris, que a "ação irresponsável de uma empresa" levou ao rompimento de barragem de rejeitos da mineradora Samarco em Mariana (MG), que provocou o maior desastre ambiental da história do país.
"Estamos reagindo ao desastre com medidas de redução de danos, apoio às populações atingidas, prevenção de novas ocorrências e também punindo severamente os responsáveis por essa tragédia", disse Dilma em pronunciamento na conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a mudança do clima na capital francesa.
O rompimento em 5 de novembro da barragem da Samarco, joint venture formada pela anglo-australiana BHP Billiton e pela Vale, deixou ao menos 13 mortos e derramou uma lama espessa com rejeitos de mineração que atingiu o rio Doce e chegou ao oceano Atlântico no Espírito Santo.
A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, anunciou na semana passada que os governos federal e dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo vão entrar com uma ação civil pública de reparação de danos no valor de 20 bilhões de reais contra as mineradoras Vale, BHP Billiton e Samarco para a compensação pelo rompimento da barragem.
Em seu discurso na cúpula da ONU, que tem como objetivo a assinatura de um acordo global para conter o aquecimento global, Dilma também ressaltou a meta voluntária anunciada pelo Brasil de reduzir 43 por cento das emissões no ano de 2030 em comparação com os níveis de 2005.
"Trata-se de meta de redução absoluta para o conjunto da economia. Ela é sem dúvida muito ambiciosa e vai além de nossa parcela de responsabilidade pelo aumento da temperatura média global", disse a presidente.

Dilma disse ainda que o Brasil não está alheio aos problemas das mudanças climáticas, tendo enfrentado secas no Nordeste e chuvas fortes e inundações no Sul e no Sudeste do país.
Reuters.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Lama e sangue

Mariana, Minas Gerais
não existe mais.
Soterrada pelo lamaçal,
da barragem que vasou.
Rio Doce amargado pelo desastre ambiental.
Quando recupera?
Quem paga pelos danos?
Paris, França
um atentado brutal.
Morrem gente, muita gente, pra mais de cem.
O que acontecerá aos culpados?
Assim, entre lama e sangue
vamos vendo nos jornais,
a mais uma eliminatória de Copa da Mundo
ou mais um caso de corrupção.
Até quando!