sábado, 27 de junho de 2009

A morte a única ceteza da vida


fonte:luishipolito.wordpress.com

Procurando na internet encotrei este recorte que achei interessante e posto aqui, pois primeiro acho um assunto pertinete e depois porque temo que comoeçar aver com outros olhares, a saber;
“Morte, tu que és tão forte,

matas o gato, o rato, o homem...”

Raul Seixas



A morte assusta a todos, ricos e pobres, bonitos e feios, cultos e analfabetos. Ninguém está livre desse derradeiro acontecimento. Porém devemos estar cientes da nossa condição humana. Não viveremos para sempre. Não como homens e nem nesse mundo como o conhecemos. Mas somos eternos como alma e espírito. E quando deixarmos esta vida significa que estaremos mais perto de Deus.

Todas as religiões tentam provar que depois da morte corporal , existe alguma coisa mais nos esperando. Os cristãos acreditam em ressurreição, ou seja, ficaríamos em algum lugar esperando o julgamento final. Os espíritas acreditam na encarnação e na reencarnação, quer dizer, você volta a viver em outro corpo para se aperfeiçoar mais e chegar mais perto de Deus. Até os cientistas, que só acreditam no que podem provar cientificamente, hoje já tentam provar que existe a vida após a morte. Então, porque temer o inevitável? Temos apenas que nos concientizar que a morte é apenas um recomeço. Devemos estar sempre preparados para que ela não nos pegue desprevenidos. Vasmos procurar sempre fazer o bem em todas as situações em que nos encontrarmos.

A morte é a única certeza dessa vida.



Não devemos temer a morte, pois esse é o nosso destino mais preciso. Não sabemos quando e nem como vai acontecer, e se soubéssemos isso, talvez, atrapalharia nossa caminhada nessa vida.

O importante, então, é nos concientizarmos que ela é inevitável e tentar não pensar nela. Deixar ao destino ou ao acaso a chegada da hora fatal. Se perdermos alguém muito próximo, sei que a dor é infinitamente grande, e até pensamos que nunca vai passar. Nestes momentos precisamos de muito calma e força interior. Tudo passa, o tempo cicratiza tudo. Se alguém se foi aqui na Terra é porque Deus precisou dele lá no céu. Eu particularmente, pelo até agora com os que foram, penso que é melhor passar desta vida para um outro plano do que permanecer aqui com todos os problemas que enfrentamos no dia-a-dia. Imagino que lá onde eles estão a vida é mais justa e o ar, menos poluído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário