sexta-feira, 18 de junho de 2010

Eleição e cidadania

Google imagens

Estamos entrando no período eleitoral, para prepararmos a escolher Presidente da República, Senadores, Deputados Federais, Deputados Estaduais e Governadores, como sempre um período muito conturbado onde ao invés de amplas discussões do que se fará de concreto para mudar o país e melhorar a vida da população, iniciam-se os conflitos pessoais levando o processo para o campo do denuncismo. Quando a questão se trata de como fortalecer o País para vencer a pobreza e a miséria e o desenvolvimento para se consolidar frente aos demias paises as promessas se pautam em cima daquilo que já é um dever do estado e um direito do cidadão. É fato que avançou um tanto mas está longe do ideal. Nesse processo eleitoral tem que aprofundar como viabilizar uma reforma política de fato como também uma reforma tributária e desenvolvimento sustentável ou seja produzir mais e destruir menos. É preciso que o povo tenha na consciência seu papel de cidadão, amadurecido, para saber escolher o que é melhor para a nação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário