domingo, 29 de agosto de 2010

Eu também já fiz História

Antes dos anos 90 as campanhas políticas eram embasadas nos tradicionais comícios, distribuição de panfletos e colagem de cartazes além das pichações que é da qual vou falar. A Pichação, Históricamente tem um reflexo revolucionário de resistência por ser uma ação rápida, para não ser pego no ato. E nos anos 80 eu participei muito de pichações mas não gostava muito do estilo devido a aparencia e sempre defendia um trabalho mais elaborado tipo mural. Portanto pelo menos em minha cidade sou o percursor das propagandas políticas feitas em forma de murais, com detalhes elaborados. Como se vê na foto a seguir o trabalho feito por mim na campanha eleitoral de 1982.
Donizeti pintando o mural

E em 1984 durante a Campanha para as Diretas já enquanto usavam a pichação eu reproduzi uma adaptação do quadro o Quarto Estado de Pelizza da Volpedo para ilustrar a campanha. O interessante que muita gente pensava que era papel então passava o dedo. Coisa que veio depois dos anos 90 com os Outdoors. Portanto tenho orgulho de ter influenciado na evolução publicitária de campanhas políticas.

Reprodução adaptada do Quadro o Quarto Estado


Nenhum comentário:

Postar um comentário