sábado, 25 de setembro de 2010

Lula diz estar confiante em vitória de Dilma no primeiro turno

Apostando em fazer a sua sucessora já no primeiro turno, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na sexta-feira que a eleição da candidata do PT Dilma Rousseff garantirá "décadas de felicidade" ao país.

"As condições são favoráveis e tudo indica que podemos ganhar no primeiro turno. Se não der, não há problema, vamos para o segundo", disse Lula durante comício na região central de Porto Alegre (RS) diante de 35 mil pessoas, de acordo com a organização.
A pesquisa Ibope divulgada na noite de sexta-feira mostrou Dilma com possibilidade de ser eleita no primeiro turno. A petista tem 50 por cento da intenção de voto do eleitor, José Serra (PSDB) aparece com 28 por cento e Marina Silva (PV), com 12 por cento.
Em seu discurso, Lula defendeu o regime democrático como "a melhor via" para chegar ao poder na América Latina e a importância da imprensa.
"É preciso ter humildade para compreender que a democracia é assim, cada um fala o que quer e transmite o que quer", afirmou.
O presidente voltou a demonstrar satisfação com o andamento da operação de capitalização da Petrobras, considerada a maior já realizada no mundo. Essa operação atingiu 120,36 bilhões de reais.
Ao fazer um balanço sobre seu governo, o presidente apontou que as mudanças feitas na Previdência foram "uma revolução". Segundo ele, os processos de aposentadoria e de concessão de benefícios no país teriam ficado mais ágeis.
Dilma insistiu mais uma vez nas realizações positivas do governo Lula. Sobre os ataques de seus adversários, mesmo sem citar nomes, ela disse: "Nós que somos os verdadeiros democratas, porque acreditamos no povo e na liberdade de expressão."



Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário