quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Aborto


As leis Brasileiras determina que aborto é crime, salvo em casos de risco de morte da mãe e estrupos. Apesar da ielegalidade quantos abortos acontecem ano após anos, ocorrem na clandestinidade, colocando a vida dos abortantes também em risco. A questão do aborto ultrapassa a questão moral ou religiosa se tornando uma questão real e que não deve ser tratado com mera recriminação é preciso que se dê uma resposta concreta para isso. Nesse sentido é necessário dar à questão do aborto pelo menos uma questão de saúde pública imbuido de uma ampla campanha de conscientização sobre a questão a partir da educação sexual, aliás, tema este que deveria ser do currículo escolar.
Se me pergunta se sou contra o aborto. Sou contra sim mas não concordo com a forma de como é tratado e não basta apenas descriminalizar sem que tenha uma ampla consciência e sustentação aos casos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário