terça-feira, 14 de dezembro de 2010

"O Discurso do Rei" lidera indicações ao Globo de Ouro 2011

Cotado para as categorias principais do Globo de Ouro 2011, o britânico "O Discurso do Rei" surpreendeu e liderou as indicações da 68ª edição do prêmio entregue pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood, que agracia os melhores do cinema e TV. Estrelado por Colin Firth, o filme sobre o rei inglês Jorge VI, famoso por sua gagueira, vai disputar sete estatuetas, enquanto "A Rede Social", de David Fincher, e "O Vencedor", de David O. Russell, apenas seis.
Os indicados foram anunciados na manhã desta terça-feira (14) em uma coletiva de imprensa em Beverly Hills, na Califórnia, apresentada por Katie Holmes, Josh Duhamel e Blair Underwood. Considerado a principal prévia do Oscar – apesar dos vencedores não serem todos os mesmos –, o Globo de Ouro dá fôlego para os concorrentes sem apoio dos grandes estúdios chegarem a mercados internacionais e conseguirem maior bilheteria. É o caso, por exemplo, de "O Discurso do Rei", que havia ganho o Festival de Toronto, primeiro grande evento do calendário de premiações. O filme estreia no Brasil no dia 4 de fevereiro.
Ainda entre os principais destaques da festa estão "Cisne Negro", de Darren Aronofsky ("O Lutador"), "Minhas Mães e Meu Pai" (com Annette Bening e Julianne Moore na disputa por melhor atriz de comédia) e "A Origem", todos com quatro indicações, e "Alice no País das Maravilhas" e "127 Horas", com três. O faroeste "Bravura Indômita", nova produção dos irmãos Coen, remake do clássico protagonizado por John Wayne, saiu de mãos abanando.
Ao lado de Firth, concorrem na categoria de melhor ator - drama Jesse Eisenberg ("A Rede Social"), James Franco ("127 Horas", nova produção de Danny Boyle), Ryan Gosling ("Blue Valentine") e Mark Wahlberg ("O Vencedor"). Na categoria de atriz, estão Michelle Williams ("Blue Valentine"), Halle Berry ("Frankie & Alice"), Nicole Kidman ("Rabbit Hole"), Jennifer Lawrence ("Inverno da Alma") e Natalie Portman ("Cisne Negro").
Johnny Depp ganhou indicação dupla para melhor ator - comédia ou musical, por seus papéis em "Alice no País da Maravilhas" e "O Turista", que estreia em janeiro. "Toy Story 3" é o franco favorito ao prêmio de melhor animação (que teve o francês "O Mágico" entre as surpresas), enquanto a estatueta de melhor filme estrangeiro tem grandes chances de cair no colo do mexicano Alejandro González Iñárritu ("Babel"), por "Biutiful", com Javier Bardem.
Na televisão, "Mad Men", soberano no Emmy e Globo de Ouro desde 2008, vai encontrar adversários novos pelo prêmio de melhor série - drama, entre eles os elogiados "The Walking Dead" e "Boardwalk Empire", produzido por Martin Scorsese (cujo último filme, "Ilha do Medo", foi ignorado pelos votantes). Nas comédias, a disputa deve ficar polarizada entre "Glee", "The Bing Bang Theory" e "30 Rock".
O prêmio Cecil B. De Mille, concedido anualmente a uma personalidade da indústria do cinema pelo conjunto da obra, será entregue ao ator Robert De Niro, grande homenageado da noite. A cerimônia, pelo segundo ano, vai ser apresentada pelo ator britânico Ricky Gervais. A entrega do Globo de Ouro, o terceiro programa com maior audiência da TV norte-americana, será realizada no dia 16 de janeiro, em Los Angeles.


Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário