sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Chega a 530 o número de mortos na região serrana do Rio


Aumentou para 530 o números de mortos nas cidades da Região Serrana do Rio afetadas pelas chuvas. Em Nova Friburgo são 234 mortes; em Teresópolis, 231; em Petrópolis, 41; em Sumidouro, 20; em São José do Vale do Rio Preto, 4. Esses números estão sendo atualizados a todo momento, à medida em que os corpos em áreas de difícil acesso são encontrados. Municípios vizinhos - Bom Jardim, Sapucaia, Areal - não registraram mortos, mas também sofrem com estragos estruturais provocados pelos temporais.
Marcos de Paula/AENova Friburgo segue como a cidade mais afetadaAo todo, os desabamentos causados pelas chuvas já deixam mais de 13 mil pessoas fora de casa. Em Petrópolis a situação é pior: 3.600 estão desalojados e outros 2.800, desabrigados. Há 3.220 desalojados e 1.970 desabrigados em Nova Friburgo; e outros 960 desalojados e 1.280 desabrigados em Teresópolis, segundo a Defesa Civil.
A Força Nacional de Segurança está na serra. Duzentos e vinte e cinco homens, entre eles 80 especialistas em salvamento, estarão nos municípios atingidos por tempo indeterminado. Entre eles há também peritos que vão trabalhar na identificação de corpos.
O Ministério Público estadual (MP-RJ) vai ajudar os familiares das vítimas a reconhecer e liberar os corpos. Dois peritos-legistas do Grupo de Apoio Técnico Especializado (Gate) foram enviados para a região.



Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário