quinta-feira, 17 de março de 2011

Conselho de Segurança aprova zona de exclusão aérea na Líbia


O Conselho de Segurança da ONU aprovou nesta quinta-feira uma zona de exclusão aérea na Líbia e autorizou "todas as medidas necessárias" para "proteger civis e áreas povoadas por civis sob ameaça de ataque" pelas forças leais ao líder líbio, Muamar Kadafi. Os EUA, Reino Unido e França propuseram a resolução ao conselho, que autoriza ataques internacionais por ar, terra e mar contra as forças de Kadafi.

A votação ocorreu no mesmo dia em que Kadafi anunciou um grande ataque contra Benghazi, a segunda maior cidade líbia, localizada no leste do país. Nesta quinta-feira, aviões do governo líbio bombardearam o aeroporto da cidade, que é reduto rebelde e epicentro dos protestos contra o ditador.


Último segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário