segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Que maravilha

Que Maravilha
Jorge Ben Jor

Lá fora está chovendo
Mas assim mesmo eu vou correndo
Só prá ver o meu amor
pois Ela vem toda de branco
Toda molhada linda e despenteada, que maravilha
Que coisa linda que é o meu amor
Por entre bancários, jatomóveis, ruas e avenidas
Milhões de buzinas tocando minha harmonia sem cessar
Ela vem chegando de branco, meiga pura linda e muito tímida
Com a chuva molhando o seu corpo lindo
Que eu vou abraçar
E a gente no meio da rua do mundo
No meio da chuva, a girar, que maravilha
A girar, que maravilha
A girar


how wonderful Jorge Ben Jor

Outside it's raining
But anyway I'm running
Just to see my love
She comes across as white
All wet and disheveled beautiful, wonderful
What a beautiful thing that is my love
Among banks, furniture jet, streets and avenues
Millions of honking incessantly playing my harmony
She is coming in white, beautiful pure sweet and very shy
With rain soaking your beautiful body
I'll embrace
And the people on the street in the world
In the rain, spinning, wonderful
In turn, how wonderful
The spin

Nenhum comentário:

Postar um comentário