sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Sentimentos


Uma das coisas que nos intriga bastante é quando tratamos de sentimentos. E por falar nisso, a quantas vão seus sentimentos? Sentimentos esses que estão ligados a razão, a emoção ou apenas ao instinto isso dependendo da relação com sua expressão. Estive lendo algo sobre sentimentos e o que me chamou atenção foi que os sentimentos estão relacionado ao nível de desenvolvimento ou seja o nível de consciência que temos de nós mesmo. Por exemplo: Sentimentos tipo, raiva, ciúmes, ira, inveja entre outros estão intimamente ligado ao nível de nossa incompreensão de nós mesmos pois na medida que você se conscientiza de seu papel tanto material quanto espiritual você vai dando vazão a estes sentimentos e vai ficando apenas os mais positivos. A ponto de num momento, quando obtiveres respostas a todas suas dúvidas, ou seja uma autoconsciência compatível lhe restará apenas sentimentos bons. Não que elimine os maus, mas eles não serão mais a expressão de suas reações mesmo que instintamente.


One thing is very intriguing to us when we deal with feelings. And by the way, how many are your feelings? Feelings that are linked to reason, emotion, instinct or just that depending on the relationship with its expression. I was reading something about feelings and what I noticed was that the feelings are related to developmental level or the level of awareness we have of ourselves. For example, such feelings, anger, jealousy, anger, envy and others are closely linked to the level of our misunderstanding of ourselves as far as you become aware of their role both material and spiritual you ford giving vent to these feelings and gets only the most positive. The point at a time when I got answers to all your questions, that is a self-compatible you'll be left with good feelings. Not that eliminate the bad, but they are no longer the expression of their reactions even instinctively.

Nenhum comentário:

Postar um comentário